Qualidade de vida na pequena empresa é desenvolvimento

Todos já sabem que brasileiro é empreendedor e que os maiores responsáveis pela geração de emprego em nosso país é a pequena e média empresa. Dessa forma o empreendedor médio passa a ter uma responsabilidade grande no que se refere à qualidade de vida não só dos seus funcionários, mas dele próprio principalmente.

O empreendedor é figura principal quando o assunto é a qualidade de vida no trabalho. Essa afirmação é verdadeira porque qualidade de vida mora muito mais no âmbito cultural do que se possa imaginar, e se o empreendedor se preocupa com sua própria qualidade de vida então ele já possui a cultura necessária para desenvolve-la.

Cultura organizacional

Com a cultura no topo da “cadeia de comando” todo o contingente será beneficiado. Assim a cultura da qualidade de vida poderá ser disseminada de forma mais eficiente através das políticas internas e externas, dos sistemas e valores da empresa.

A forma de pensar do dono da pequena e média empresa é importante. Ele próprio tem em seu perfil a constante busca pelo desenvolvimento humano, o qual não existe sem qualidade de vida.

Qualidade de vida no trabalho

Sem a cultura não adianta arcar com os custos dos equipamentos e programas de treinamentos para o quadro de funcionários. Você já ouviu a história do operário de construção que não usa o capacete para não parecer maricas? Pois é. Quem anda sem capacete em ambiente hostil é macho.

O patrão investiu no equipamento que proporciona mais qualidade vida no trabalho, mas esqueceu da cultura. Assim você pode notar a importância do papel do empreendedor neste cenário.

Da mesma forma que se pode alastrar cultura pela sua “cadeia de comando”, também é possível disseminar anticultura e contaminar novos e antigos funcionários. Empreendedorismo traz um certo poder, mas vem junto com uma grande responsabilidade.

Experimentar a cultura da qualidade de vida nas políticas da empresa poderá ter um resultado drástico no que se refere a produtividade. Isso reflete diretamente no lucro e aí sim vai sobrar orçamento para os móveis ergonômicos e programas físicos.
Dicas de como ter qualidade de vida

Você poderá notar que não tem muito segredo, e começar a aplicar os conceitos da qualidade de vida para você e seus funcionários pode ser simples. Você pode começar a:

• Diminuir o estresse simplesmente aplicando a gentileza na política da sua empresa
• Usar os primeiros trinta minutos da jornada de trabalho para atividades de relaxamento
• Apoio em situações de conflito e relacionamento pessoal
• Incentivo ao combate ao tabagismo, sedentarismo.
• Apoio a prática de esportes, boa alimentação e diversão.

Estas dicas são sugestões para começar. A partir daí você poderá prosseguir com o aprofundamento da cultura da qualidade de vida na sua empresa e na sua vida, tornando possível o contínuo desenvolvimento de forma sustentável.

Deixe seu comentário