Empregado ou empreendedor: O que é melhor?

A velha lógica de concluir um curso superior para se tornar mão-de-obra qualificada para o mercado de trabalho está sendo invertida aos poucos. Empregado ou empregador? O que você prefere?

De acordo com pesquisa divulgada pelo U.S. Census Bureau, 85% dos universitários americanos estão se preparando para abrir suas próprias empresas. Outro dado, também divulgado por esse instituto dá conta que é cada vez mais comum abrir o próprio negócio sem largar o emprego fixo. Estão ocupando: hora a condição de empregados, hora a função de empreendedores.

E no Brasil: Empregado ou empregador?

Essa realidade também se observa no Brasil. Há milhões de pessoas que são funcionárias e que em outro horário ou nos finais de semana, são empreendedores, trabalhando por conta própria. Para a pergunta: Empregado ou empregador? A resposta é: Ambos!

Sendo assim, se você ainda não é dono do seu próprio negocio e ainda sofre daquele receio de trocar o certo pelo duvidoso, comece a pensar na possibilidade de começar sua empresa aos poucos, dividindo bem o seu tempo e fazendo uma boa programação de suas responsabilidades.

É sempre bom lembrar que sonhos nem sempre se tornam realidade, muitas vezes por insegurança, por comodismo ou simplesmente por não se crer no próprio potencial. Coragem, decisão e planejamento às vezes são o suficiente para vencer obstáculos e conquistar essa esperada segurança de seguir em frente.

E mais uma dica: nunca deixe de se capacitar. Leia bastante, mantenha sempre ativa sua rede de relacionamentos e escolha entre empregado ou empregador.

Deixe seu comentário